Blog

Dicas para reduzir o consumo com aquecedor a gás no condomínio

Dicas para reduzir o consumo com aquecedor a gás no condomínio

No último ano, diversos clientes relataram um aumento significativo em suas contas de gás fornecidas pelas concessionárias. É compreensível que, durante o inverno, o consumo de gás aumente devido a banhos mais longos e temperaturas mais baixas. No entanto, é importante ressaltar que, independentemente da estação do ano, a utilização e manutenção adequadas do seu aquecedor são fatores essenciais para economizar gás.

Recentemente, foi publicado um artigo abordando as principais razões para o aumento no consumo no último ano. Neste artigo, foi apresentado algumas dicas práticas que você pode seguir para economizar, concentrando-se especialmente na utilização correta do equipamento. São medidas simples, mas importantes, que, se seguidas adequadamente, podem ajudar você a economizar e evitar surpresas ao receber a conta no final de cada mês.

Utilização consciente do aquecedor a gás no condomínio

A primeira dica para economizar gás ao utilizar o aquecedor a gás é adotar uma abordagem consciente. Mas o que isso implica na prática?

Mantenha-se atento aos hábitos de banho de todos os moradores da residência. Em determinadas épocas do ano, especialmente durante o inverno e em dias mais frios, é natural que as pessoas passem mais tempo no chuveiro. Afinal, um dos objetivos de possuir um aquecedor a gás é proporcionar maior conforto. No entanto, em famílias maiores, isso pode ter um grande impacto no consumo de gás.

Portanto, concentre-se em tomar banhos mais curtos. Normalmente, uma duração de 5 a 10 minutos é suficiente para desfrutar de um bom banho. Se você e sua família costumam tomar banhos de 15 minutos, reduzindo para 10 minutos, sua conta de gás tende a diminuir em até 50%, sem mencionar a economia de água, que também deve ser levada em consideração nos tempos atuais.

Uso consciente do aquecedor a gás
Uso consciente do aquecedor a gás

Atenção às duchas de alta vazão

Outra dica importante para economizar gás no aquecedor está relacionada à vazão da ducha. A vazão refere-se ao volume de água que a ducha libera, geralmente calculada em litros por minuto. A instalação de duchas com alta vazão terá um impacto direto no consumo de gás do seu aquecedor.

Especificamente nos modelos digitais de aquecedores a gás, que possuem chama auto-modulante (ajustando automaticamente seu tamanho e intensidade de acordo com a necessidade), o impacto é significativo. Isso ocorre porque quanto maior for o volume de água que passa pelo aquecedor a gás, maior será a chama e, consequentemente, mais gás será consumido.

No caso dos aquecedores a gás mecânicos, a situação é um pouco diferente. Por possuírem uma chama fixa, a vazão da ducha não terá um impacto automático no consumo de gás. No entanto, os próprios usuários desse tipo de aquecedor tendem a regular manualmente a chama, geralmente com uma chama mais alta.

Embora as duchas mais comumente disponíveis para compra tenham uma vazão de água em torno de 10 a 12 litros por minuto, também é possível encontrar duchas econômicas com uma vazão de 6 a 8 litros. Pode parecer uma diferença pequena, mas ao final do mês, isso terá um grande impacto nas suas contas de gás e água.

Instalação de redutores de vazão

Se você está enfrentando contas de gás muito altas, uma possível solução, além de adquirir duchas com menor vazão, é a instalação de redutores de vazão nas duchas existentes em sua residência. Esses dispositivos são instalados junto às duchas para diminuir a vazão de água. Dessa forma, é possível economizar gás, uma vez que menos água passando pelo aquecedor resulta em menor volume de gás necessário para atingir a temperatura desejada no visor digital (no caso dos aquecedores a gás digitais) ou configurada manualmente (no caso dos aquecedores a gás mecânicos).

Portanto, os redutores de vazão são bastante eficientes para reduzir o consumo de água e gás. No entanto, é importante ressaltar que simplesmente instalar o redutor não será suficiente se você tiver o hábito de tomar banhos prolongados. O ideal é combinar a instalação desses dispositivos com a redução do tempo de banho. Dessa forma, você garantirá uma boa economia de gás no final do mês.

Instalação de redutores de vazão
Instalação de redutores de vazão

Configurar adequadamente a temperatura da água

Uma dica essencial para economizar gás no aquecedor é evitar utilizar a temperatura máxima do equipamento. Muitas pessoas, ao configurar a temperatura da água do banho, seja em um aquecedor a gás digital ou mecânico, tendem a selecionar a temperatura máxima disponível.

No entanto, ao fazê-lo, a água fica excessivamente quente, exigindo a adição de água fria para atingir uma temperatura confortável. Na prática, isso significa aquecer a água muito além do necessário, resultando em um maior consumo de gás. Esse desperdício tem um impacto direto na sua conta mensal. Além disso, misturar água fria pode gerar problemas de desequilíbrio hidráulico.

A maneira mais recomendada de utilizar o aquecedor a gás é configurar a temperatura mais próxima possível do nível confortável para o banho. Nos aquecedores a gás digitais, isso é facilmente feito, pois eles possuem um display onde você pode definir a temperatura exata. Já nos aquecedores a gás mecânicos, essa tarefa pode ser um pouco mais complicada, pois toda a regulagem é feita manualmente.

Mesmo que seja necessário misturar água fria, é ideal usar a menor quantidade possível durante o banho. Dessa forma, você evita problemas como o desligamento do aquecedor a gás durante o banho e otimiza o consumo de gás. Além disso, também reduz o risco de acidentes devido à temperatura da água excessivamente alta. Em nosso blog, inclusive, temos outro artigo explicando como evitar acidentes relacionados à temperatura da água durante o banho.

Configure corretamente a temperatura da água
Configure corretamente a temperatura da água

Verifique a chama do seu aquecedor

É crucial estar atento a qualquer anormalidade no funcionamento do seu aquecedor a gás se você deseja economizar. Especialmente em relação à chama do equipamento. No caso dos aquecedores a gás digitais, é importante observar possíveis códigos de erro que indicam problemas na queima do gás. Isso pode afetar diretamente o aumento do consumo.

Se o seu aquecedor a gás for mecânico, você encontrará uma pequena grade ou um visor acrílico na parte externa, permitindo verificar se a chama está acesa. Dessa forma, é possível identificar se ela está com uma coloração amarelada, o que indica uma queima irregular do gás.

Uma chama amarelada significa que a queima está ocorrendo com menos oxigênio do que o necessário, fazendo com que o equipamento aumente a quantidade de gás pensando que não há gás suficiente. Isso resulta em uma perda significativa de eficiência, uma vez que a chama produz menos calor.

Além da questão da eficiência energética, é importante ressaltar os aspectos de segurança e possíveis danos ao aquecedor a gás. Uma queima irregular gera uma quantidade maior de monóxido de carbono, que é uma substância tóxica. Além do risco para a saúde, o monóxido de carbono também é corrosivo. Isso pode causar danos tanto ao aquecedor a gás quanto ao duto de exaustão, resultando em vazamentos que podem ser fatais. É fundamental garantir a manutenção adequada do aquecedor para evitar esses problemas.

Regulando a Temperatura do seu aquecedor
Regulando a Temperatura do seu aquecedor

Realize a manutenção preventiva do seu aquecedor

É fundamental realizar a manutenção preventiva para economizar gás na utilização do seu aquecedor. Ao longo do tempo, sujeira, poeira, fiapos de pano, pelos e outros detritos podem se acumular no equipamento, o que pode afetar o consumo de gás. A sujeira reduz a eficiência do aquecedor e, consequentemente, pode aumentar o consumo.

Muitas pessoas adquirem o equipamento e só realizam a manutenção preventiva quando algo já está errado, anos depois. Esse período sem manutenção adequada é extremamente prejudicial.

O correto é realizar a manutenção preventiva anualmente para uso residencial e, pelo menos, a cada seis meses para uso comercial mais intenso. Dessa forma, você garante que o equipamento funcione corretamente com máxima eficiência.

Em nosso blog, você pode conferir outro artigo no qual explicamos todos os procedimentos realizados na manutenção preventiva.

Realize a manutenção preventiva do seu aquecedor
Realize a manutenção preventiva do seu aquecedor

Vazamento de gás

A manutenção preventiva é importante não apenas para prevenir defeitos e anomalias no aquecedor a gás. Situações de vazamento de gás no local de instalação também podem contribuir para o aumento do consumo. Aqui, estamos nos referindo ao vazamento do gás não proveniente da queima no aquecedor, mas do gás virgem (como GLP ou Gás Natural).

Caso você esteja enfrentando qualquer problema relacionado a vazamentos de gás, um técnico poderá identificar o problema e fornecer as orientações adequadas para resolvê-lo.

Aproveite todos os benefícios do aquecedor a gás

Como discutido neste artigo, adotar algumas medidas diárias pode ajudar a economizar gás ao utilizar o equipamento. O uso inadequado do aquecedor a gás pode resultar em despesas significativas no final do mês, por isso é importante prestar máxima atenção ao utilizar o seu aquecedor.

Dessa forma, você poderá desfrutar de todos os benefícios que o equipamento oferece para você e sua família, sem se preocupar com a conta de gás no final do mês.

Compartilhe
Rafael Zanin

Rafael Zanin

Rafael Zanin - Diretor da ASSINCON. Administrador de empresas com especialização em administração de condomínios e conflitos. Atua na área condominial desde 2005. Trabalha também como perito judicial, corretor de imóveis e lidera uma equipe de Síndicos Profissionais. Fundador do Grupo Novo, um grupo empresarial composto por diversas empresas prestadoras de serviços na área imobiliária. Apresentador do “Momento Condominial” Todas as Segundas ⏱ 20:30h no canal 508 VIVO, 3 NET/CLARO, 28 SKY/OI.

Sobre a Villa Nova Condomínios

A Villa Nova é especialista em administração de condomínios de casas, apartamentos e unidades comerciais, oferecendo ao síndico e moradores um serviço profissionalizado e fundamental para uma boa gestão do andamento condominial.

Oferecemos ao síndico e moradores um serviço profissionalizado e fundamental para uma boa gestão do andamento condominial.

Com mais de uma década de experiência no setor, a Villa Nova é referência quando o assunto é administradora de condomínios, prestando atendimento personalizado e trabalhando em prol de suprir as demandas individuais de cada edificação em específico. Saiba mais, entrando em contato!

Guarulhos e Região Metropolitana

Taubaté e Vale do Paraíba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *